terça-feira, 31 de julho de 2018

Avaliação de Julho 18



Avaliação Final de Julho


Era pra ser o mês da festa, mas minha carteira resolveu voltar a apanhar feio do "Ibov". Aí nem comemoro tanto. Que diferença pro ano passado!

Pelo menos voltamos aos 79k! Ainda não faço ideia de quem vai vencer a eleição de daqui a dois meses, mas não acredito em movimentos gigantescos da bolsa. Pelo menos pra cima. Seja quem for eleito, permanecerá certo receio quanto ao comportamento do Congresso.

Aportei quase oito mil. Mês que vem devo fazer o mesmo.

Os meus seis anos de bolsa continuam fraquinhos. Pouco melhor que a poupança e perdendo pra Selic.

No mais, mantenho as lamúrias e análises do mês de maio.

Números do mês:

"Ibov" subiu 8,88%. 

Tenho hoje - 273.280,06 (carteira) + 8.596,47 (caixa de dividendos e vendas ainda não reinvestidos) = R$ 281.876,53. Total de R$ 238.000,00 aportado desde que entrei. Significa que estou com 43.876,53 a mais que o total aportado. Mês passado era 28.891,35 a mais que aportei. Dá pra ver que ganhei 14.985,18. Alta de 5,61%. Num mês de alta de 8,88%... Desempenho pífio

Após as "criptoquedas", tenho hoje 0,606 BTC (R$ 17.425) e 156,2 Nanos (R$ 1.035), além de R$ 6.100,00 em altcoins da Binance. Total de quase R$ 25.600,00 na "carteira digital". Pouco menos de 10% do patrimônio total. Como é algo muito volátil, é uma posição perigosa. Aporte total de 28,5 mil reais aqui. Prejuízo relevante. Quem diria!

Não vou contar o rendimento do dinheiro guardado em renda fixa, pois meu objetivo é avaliar meu crescimento em renda variável. Tenho cerca de R$ 14.500,00 em renda fixa.

Meu patrimônio total hoje é cerca de 322 mil reais. Total aportado em tudo? Uns 276 mil (poupanca, renda fixa, moeda, ações). Se eu fosse falar em rentabilidade histórica "não ajustada" de tudo que investi, teria cerca de 16,5% nesses seis anos. "Ajustada" eu nem tenho como calcular quanto seria. 

A bolsa "fechou" aos 79.220 pontos. Uns 40,6% a mais do que estava na minha estréia, seis anos atrás. Por enquanto, "Ibov" 40,6%, minha carteira, 18,44%. Péssimo resultado já que a inflação acumulada é de 37,6%. E a poupança daria uns 38-42%. Bom... Ao menos já foi extremamente pior. 

Há um porém nessas contas, que percebi certa vez. Vou até postar sobre isso quando tiver mais tempo. A depender da interpretação, a rentabilidade histórica, se ajustada, seria de 47,8% em vez de 18,45%. É que os aportes distorcem a coisa em cenários não-estáveis.  Considero a "rentabilidade ajustada" algo até mais justo para avaliar se estamos investindo bem ou não. Outro dia explico.






A.

Nenhum comentário:

Postar um comentário