sábado, 1 de dezembro de 2018

Avaliação de Novembro 18



Avaliação Final de Novembro


Agora meus rendimentos andam ou bem acima ou bem abaixo do "Ibov". Este foi um mês "bem acima". Escrevi mês passado. Pois bem, este mês agora foi bem abaixo. Vários papéis caíram bastante. Logo, fiquei meio que no zero a zero. Continuo com um ano bem ruim.

Pior: este mês o meu patrimônio só cresceu uma besteirinha, mesmo com o aporte de sete mil e uma economia de gastos com o dinheiro da poupança. Tudo isso porque uma nova e não muito esperada onda de criptoquedas derreteu a carteira digital de 19 mil para 12 mil. 

Lado bom das criptoquedas? Agora só tenho 3% do patrimônio a perder com esse cassino. Um mês e meio de meus aportes médios atuais. Deixa aí. Nunca se sabe. Quem se desesperasse em 2013-2015 teria perdido o boom de 2016-17. Nada garante que vá se repetir tal boom, mas ok. 

Aportei sete mil. Tenho uns quarenta em caixa. Vem mais dez mil esse mês em aportes.  Vou gastar. Dia 21 ou 22 de dezembro devo reformular minha carteira. E em janeiro devo começar a comprar FII. Vou pesquisar as melhores opções. A ideia é terminar 2019 com no mínimo 150 mil lá. Enfim, os novos aportes devem se concentrar por lá. Certamente 100%. 

Sobre o próximo governo, creio que é mais possível que a bolsa suba, mas tudo pode acontecer. Quanto menos o futuro presidente governar e se meter, melhor será. 

Números do mês:

"Ibov" subiu 2,44%. 

Tenho hoje - 322.455,02 (carteira) + 40.278,15 (caixa de dividendos e vendas ainda não reinvestidos) = R$ 362.733,17. Total de R$ 276.769,48 aportado desde que entrei. Significa que estou com 85.166,43 a mais que o total aportado. Mês passado era 85.166,43 a mais que aportei. Dá pra ver que ganhei 797,26. Alta de 0,22%. Num mês de alta de 2,44%... Desempenho péssimo. 

Após as "criptoquedas", tenho hoje 0,606 BTC (R$ 9.400) e R$ 3.000,00 em altcoins da Binance. Total de quase R$ 12.400,00 na "carteira digital". Cerca de 3% do patrimônio total. Como é algo muito volátil, é uma posição perigosa. Aporte total de 28,5 mil reais aqui. Prejuízo enorme. Quem diria!

Não vou contar o rendimento do dinheiro guardado em renda fixa, pois meu objetivo é avaliar meu crescimento em renda variável. Tenho cerca de R$ 8.300,00 em renda fixa.

Meu patrimônio total hoje é cerca de 383,4 mil reais. Total aportado em tudo? Uns 306 mil (poupança, renda fixa, moeda, ações). 

A bolsa "fechou" aos 89.552 pontos. Uns 57,4% a mais do que estava na minha estréia, seis anos e pouco atrás. Por enquanto, "Ibov" 57,4%, minha carteira, 31,06%. A inflação acumulada é de 39,4%. E a poupança daria uns 39-43%. Bom... Ao menos já foi extremamente pior. 

Há um porém nessas contas, que percebi certa vez. Vou até postar sobre isso quando tiver mais tempo. A depender da interpretação, a rentabilidade histórica, se ajustada, seria de 61,4% em vez de 31,06%. É que os aportes distorcem a coisa em cenários não-estáveis.  Considero a "rentabilidade ajustada" algo até mais justo para avaliar se estamos investindo bem ou não. Outro dia explico.






A.

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Avaliação de Outubro 18



Avaliação Final de Outubro


Agora meus rendimentos andam ou bem acima ou bem abaixo do "Ibov". Este foi um mês "bem acima". EZTC3, BBAS3 e PETR4 voando. Entre outras. 

Aportei sete mil. Tenho uns quinze em caixa. Devo vender meu Tesouro Direto e pensar que ações comprar. Gostaria de uma quedinha.

Sobre o próximo governo, creio que é mais possível que a bolsa suba, mas tudo pode acontecer. Quanto menos o futuro presidente governar e se meter, melhor será. 

Números do mês:

"Ibov" subiu 10,18%. 

Tenho hoje - 331.067,11 (carteira) + 15.099,32 (caixa de dividendos e vendas ainda não reinvestidos) = R$ 346.166,43. Total de R$ 261.000,00 aportado desde que entrei. Significa que estou com 85.166,43 a mais que o total aportado. Mês passado era 44.921,54 a mais que aportei. Dá pra ver que ganhei 40.127,69. Alta de 13,16%. Num mês de alta de 10,18%... Desempenho excelente. 

Após as "criptoquedas", tenho hoje 0,606 BTC (R$ 14.400) e R$ 5.100,00 em altcoins da Binance. Total de quase R$ 19.500,00 na "carteira digital". Cerca de 5% do patrimônio total. Como é algo muito volátil, é uma posição perigosa. Aporte total de 28,5 mil reais aqui. Prejuízo relevante. Quem diria!

Não vou contar o rendimento do dinheiro guardado em renda fixa, pois meu objetivo é avaliar meu crescimento em renda variável. Tenho cerca de R$ 15.600,00 em renda fixa.

Meu patrimônio total hoje é cerca de 381,2 mil reais. Total aportado em tudo? Uns 299 mil (poupança, renda fixa, moeda, ações). 

A bolsa "fechou" aos 87.421 pontos. Uns 55% a mais do que estava na minha estréia, seis anos e pouco atrás. Por enquanto, "Ibov" 55%, minha carteira, 32,63%. A inflação acumulada é de 39%. E a poupança daria uns 39-43%. Bom... Ao menos já foi extremamente pior. 

Há um porém nessas contas, que percebi certa vez. Vou até postar sobre isso quando tiver mais tempo. A depender da interpretação, a rentabilidade histórica, se ajustada, seria de 61,2% em vez de 32,63%. É que os aportes distorcem a coisa em cenários não-estáveis.  Considero a "rentabilidade ajustada" algo até mais justo para avaliar se estamos investindo bem ou não. Outro dia explico.






A.

sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Avaliação de Setembro 18



Avaliação Final de Setembro


Não adiantou de nada comemorar ter enfim vencido o "Ibov" mês passado. Meus papéis continuam fraco este ano. Devolvi toda a minha "vitória" este mês. Levei a diferença que botei.

Aportei sete mil. Só vou comprar após as eleições, creio. Ainda não entendo como a bolsa pode estar em 79 mil com Haddad tão bem nas pesquisas, mesmo com o cenário externo favorável.

Números do mês:

"Ibov" subiu 3,48%. 

Tenho hoje - 290.845,59 (carteira) + 8.075,95 (caixa de dividendos e vendas ainda não reinvestidos) = R$ 298.921,54. Total de R$ 254.000,00 aportado desde que entrei. Significa que estou com 44.921,54 a mais que o total aportado. Mês passado era 41.793,85 a mais que aportei. Dá pra ver que ganhei 3.127,69. Alta de 1,06%. Num mês de baixa de 3,48%... Desempenho péssimo. 

Após as "criptoquedas", tenho hoje 0,606 BTC (R$ 16.300) e 156,2 Nanos (R$ 1.400), além de R$ 4.600,00 em altcoins da Binance. Total de quase R$ 22.300,00 na "carteira digital". Pouco menos de 7% do patrimônio total. Como é algo muito volátil, é uma posição perigosa. Aporte total de 28,5 mil reais aqui. Prejuízo relevante. Quem diria!

Não vou contar o rendimento do dinheiro guardado em renda fixa, pois meu objetivo é avaliar meu crescimento em renda variável. Tenho cerca de R$ 15.500,00 em renda fixa.

Meu patrimônio total hoje é cerca de 336,7 mil reais. Total aportado em tudo? Uns 292 mil (poupança, renda fixa, moeda, ações). Se eu fosse falar em rentabilidade histórica "não ajustada" de tudo que investi, teria cerca de 15,3% nesses seis anos e pouco. "Ajustada" eu nem tenho como calcular quanto seria. 

A bolsa "fechou" aos 79.342 pontos. Uns 41% a mais do que estava na minha estréia, seis anos e pouquinho atrás. Por enquanto, "Ibov" 41,0%, minha carteira, 17,69%. Péssimo resultado já que a inflação acumulada é de 38,5%. E a poupança daria uns 38-42%. Bom... Ao menos já foi extremamente pior. 

Há um porém nessas contas, que percebi certa vez. Vou até postar sobre isso quando tiver mais tempo. A depender da interpretação, a rentabilidade histórica, se ajustada, seria de 48,1% em vez de 17,69%. É que os aportes distorcem a coisa em cenários não-estáveis.  Considero a "rentabilidade ajustada" algo até mais justo para avaliar se estamos investindo bem ou não. Outro dia explico.






A.

sábado, 1 de setembro de 2018

Avaliação de Agosto 18



Avaliação Final de Agosto


Em tese foi um mês bem ruim para quem investe, mas a verdade é que fiquei feliz com a carteira devolvendo quase toda a surra do mês passado. O "Ibov" ainda está me vencendo no ano, mas reduzi. Só devo ter tempo pra revisões de carteira lá pelo fim do ano, logo, espero que o desempenho pelo menos fique próximo. Ademais, o dólar me ajudou com as moedas virtuais, logo, vou dizer que foi um razoável mês.

No mais: Ainda não faço ideia de quem vai vencer a eleição de daqui a dois meses, mas não acredito em movimentos gigantescos da bolsa. Pelo menos pra cima. Seja quem for eleito, permanecerá certo receio quanto ao comportamento do Congresso.

Aportei nove mil. Veio restituição de IR pra ajudar um pouco. 

Ainda estou em dúvida se aporto logo meus 19 mil em caixa ou não. Receio das pesquisas. Se Lula mostrar boa transferência de voto, pode ser interessante ter dinheiro livre em mão. Vou pensar mais.

Números do mês:

"Ibov" caiu 3,21%. 

Tenho hoje - 269.811,61 (carteira) + 18.982,24 (caixa de dividendos e vendas ainda não reinvestidos) = R$ 288.793,85. Total de R$ 247.000,00 aportado desde que entrei. Significa que estou com 41.793,85 a mais que o total aportado. Mês passado era 43.876,53 a mais que aportei. Dá pra ver que perdi 2.082,68. Baixa de 0,72%. Num mês de baixa de 3,21%... Desempenho ótimo. 

Após as "criptoquedas", tenho hoje 0,606 BTC (R$ 17.500) e 156,2 Nanos (R$ 2.100), além de R$ 5.400,00 em altcoins da Binance. Total de quase R$ 25.000,00 na "carteira digital". Pouco menos de 8% do patrimônio total. Como é algo muito volátil, é uma posição perigosa. Aporte total de 28,5 mil reais aqui. Prejuízo relevante. Quem diria!

Não vou contar o rendimento do dinheiro guardado em renda fixa, pois meu objetivo é avaliar meu crescimento em renda variável. Tenho cerca de R$ 14.500,00 em renda fixa.

Meu patrimônio total hoje é cerca de 328,5 mil reais. Total aportado em tudo? Uns 285 mil (poupanca, renda fixa, moeda, ações). Se eu fosse falar em rentabilidade histórica "não ajustada" de tudo que investi, teria cerca de 15,2% nesses seis anos. "Ajustada" eu nem tenho como calcular quanto seria. 

A bolsa "fechou" aos 76.678 pontos. Uns 36% a mais do que estava na minha estréia, seis anos e pouquinho atrás. Por enquanto, "Ibov" 36,0%, minha carteira, 16,92%. Péssimo resultado já que a inflação acumulada é de 38,6%. E a poupança daria uns 38-42%. Bom... Ao menos já foi extremamente pior. 

Há um porém nessas contas, que percebi certa vez. Vou até postar sobre isso quando tiver mais tempo. A depender da interpretação, a rentabilidade histórica, se ajustada, seria de 47,1% em vez de 16,92%. É que os aportes distorcem a coisa em cenários não-estáveis.  Considero a "rentabilidade ajustada" algo até mais justo para avaliar se estamos investindo bem ou não. Outro dia explico.






A.

terça-feira, 31 de julho de 2018

Avaliação de Julho 18



Avaliação Final de Julho


Era pra ser o mês da festa, mas minha carteira resolveu voltar a apanhar feio do "Ibov". Aí nem comemoro tanto. Que diferença pro ano passado!

Pelo menos voltamos aos 79k! Ainda não faço ideia de quem vai vencer a eleição de daqui a dois meses, mas não acredito em movimentos gigantescos da bolsa. Pelo menos pra cima. Seja quem for eleito, permanecerá certo receio quanto ao comportamento do Congresso.

Aportei quase oito mil. Mês que vem devo fazer o mesmo.

Os meus seis anos de bolsa continuam fraquinhos. Pouco melhor que a poupança e perdendo pra Selic.

No mais, mantenho as lamúrias e análises do mês de maio.

Números do mês:

"Ibov" subiu 8,88%. 

Tenho hoje - 273.280,06 (carteira) + 8.596,47 (caixa de dividendos e vendas ainda não reinvestidos) = R$ 281.876,53. Total de R$ 238.000,00 aportado desde que entrei. Significa que estou com 43.876,53 a mais que o total aportado. Mês passado era 28.891,35 a mais que aportei. Dá pra ver que ganhei 14.985,18. Alta de 5,61%. Num mês de alta de 8,88%... Desempenho pífio

Após as "criptoquedas", tenho hoje 0,606 BTC (R$ 17.425) e 156,2 Nanos (R$ 1.035), além de R$ 6.100,00 em altcoins da Binance. Total de quase R$ 25.600,00 na "carteira digital". Pouco menos de 10% do patrimônio total. Como é algo muito volátil, é uma posição perigosa. Aporte total de 28,5 mil reais aqui. Prejuízo relevante. Quem diria!

Não vou contar o rendimento do dinheiro guardado em renda fixa, pois meu objetivo é avaliar meu crescimento em renda variável. Tenho cerca de R$ 14.500,00 em renda fixa.

Meu patrimônio total hoje é cerca de 322 mil reais. Total aportado em tudo? Uns 276 mil (poupanca, renda fixa, moeda, ações). Se eu fosse falar em rentabilidade histórica "não ajustada" de tudo que investi, teria cerca de 16,5% nesses seis anos. "Ajustada" eu nem tenho como calcular quanto seria. 

A bolsa "fechou" aos 79.220 pontos. Uns 40,6% a mais do que estava na minha estréia, seis anos atrás. Por enquanto, "Ibov" 40,6%, minha carteira, 18,44%. Péssimo resultado já que a inflação acumulada é de 37,6%. E a poupança daria uns 38-42%. Bom... Ao menos já foi extremamente pior. 

Há um porém nessas contas, que percebi certa vez. Vou até postar sobre isso quando tiver mais tempo. A depender da interpretação, a rentabilidade histórica, se ajustada, seria de 47,8% em vez de 18,45%. É que os aportes distorcem a coisa em cenários não-estáveis.  Considero a "rentabilidade ajustada" algo até mais justo para avaliar se estamos investindo bem ou não. Outro dia explico.






A.

domingo, 1 de julho de 2018

Avaliação de Junho 18



Avaliação Final de Junho


Meu ano terrível só piora. Mais um mês de dupla queda e das fortes. Tomara que os tempos de bonança não demorem a voltar, pois o negócio tá feio. Volta Dilma. No mínimo, eu não criaria falsas expectativas.

Perguntei se havia espaço pra cair. Anda parecendo que sempre há! Chega! Apostei em piso nos 76k. Agora estou doido para que volte para isso. 

Os meus seis anos de bolsa continuam muito fraquinhos. Comparável a poupança e perdendo pra Selic.

No mais, mantenho as lamúrias e análises do mês passado.

Números do mês:

"Ibov" caiu 5,20%

Tenho hoje - 250.866,52 (carteira) + 8.150,30 (caixa de dividendos e vendas ainda não reinvestidos) = R$ 259.016,82. Total de R$ 230.125,47 aportado desde que entrei. Significa que estou com 28.891,35 a mais que o total aportado. Mês passado era 43.228,70 a mais que aportei. Dá pra ver que perdi 14.337,35. Baixa de 5,24%. Num mês de baixa de 5,20%... Desempenho "regular"

Após as "criptoquedas", tenho hoje 0,606 BTC (R$ 14.100) e 156,2 Nanos (R$ 1.400), além de R$ 6.600,00 em altcoins da Binance. Total de R$ 22.100 na "carteira digital". Pouco menos de 10% do patrimônio total. Como é algo muito volátil, é uma posição perigosa. Aporte total de 28,5 mil reais aqui. Prejuízo relevante. Quem diria!

Não vou contar o rendimento do dinheiro guardado em renda fixa, pois meu objetivo é avaliar meu crescimento em renda variável. Tenho cerca de R$ 14.500,00 em renda fixa.

Meu patrimônio total hoje é cerca de 295,5 mil reais. Total aportado em tudo? Uns 268 mil (poupanca, renda fixa, moeda, ações). Se eu fosse falar em rentabilidade histórica "não ajustada" de tudo que investi, teria menos de 12% nesses quase seis anos. "Ajustada" eu nem tenho como calcular quanto seria. 

A bolsa "fechou" aos 72.763 pontos. Uns 30,8% a mais do que estava na minha estréia, quase seis anos atrás. Por enquanto, "Ibov" 30,8%, minha carteira, 12,55%. Péssimo resultado já que a inflação acumulada é de 36,3%. E a poupança daria uns 37-42%. Bom... Ao menos já foi extremamente pior. 

Há um porém nessas contas, que percebi certa vez. Vou até postar sobre isso quando tiver mais tempo. A depender da interpretação, a rentabilidade histórica, se ajustada, seria de 42,2% em vez de 12,55%. É que os aportes distorcem a coisa em cenários não-estáveis.  Considero a "rentabilidade ajustada" algo até mais justo para avaliar se estamos investindo bem ou não. Outro dia explico.







A.

quinta-feira, 31 de maio de 2018

Avaliação de Maio 18



Avaliação Final de Maio


O que dizer de um mês em que mais de 35 mil reais evaporam? Percentualmente, creio até que já tive mês pior, mas uma grande queda quando se tem "muito" dinheiro dói mais.

A notícia boa (ou meeira) no meio de tudo isso? Vamos ver o lado bom. 1. Será que tem mais espaço pra cair? Sempre tenho medo de perguntar isso, mas talvez tenha descido tudo que tinha pra descer. Esperança de ser a mínima do ano. 2. Comprei algumas ações no 80k e outro tanto nos 76k. Se vier recuperação, vou me dar bem. Como foi no Joesley Day. 3. Pelo menos caí um pouco menos que o Ibov. O índice vinha me vencendo sempre. Deve ter sido por manter aporte guardado.

Fiz uma mudança no método. Nunca ficava com menos de 20 e poucos mil no TD. Vendi uns 70% e joguei em ações. Por isso que o aporte do mês foi tão alto. Aposta no "pior que tá não fica". Claro que pode ficar, mas acho mais provável uma recuperação. Vamos ver.

Com esse mês, os meus quase seis anos de bolsa continuam muito fraquinhos. Comparável a poupança e perdendo pra Selic.

Se o "sell in may" se referir ao início do mês, mais uma vez ele estava certo.

Continuo sem querer revisar carteira. Odeio mexer na baixa.

Não bastasse a porrada da bolsa, as criptos também desabaram. Mercadinho complicadíssimo em 2018.

Dá vontade de ouvir o povo que jura que comprar lote em cidade pequena e construir moradia pra pequena pra alugar (ou mesmo só o terreno) é o melhor rendimento que existe.

Números do mês:

"Ibov" caiu 10,87%

Tenho hoje - 266.097,58 (carteira) + 256,59 (caixa de dividendos e vendas ainda não reinvestidos) = R$ 266.354,17. Total de R$ 223.125,47 aportado desde que entrei. Significa que estou com 43.228,70 a mais que o total aportado. Mês passado era 69.746,96 a mais que aportei. Dá pra ver que perdi 26.518,79. Baixa de 9,05%. Num mês de baixa de 10,87%... Desempenho "bom"

Após as "criptoquedas", tenho hoje 0,606 BTC (R$ 17.300) e 156,2 Nanos (R$ 2.450), além de R$ 9.300,00 em altcoins da Binance. Total de R$ 29.000 na "carteira digital". Pouco menos de 10% do patrimônio total. Como é algo muito volátil, é uma posição perigosa. Aporte total de 28,5 mil reais aqui.

Não vou contar o rendimento do dinheiro guardado em renda fixa, pois meu objetivo é avaliar meu crescimento em renda variável. Tenho cerca de R$ 13.300,00 em renda fixa.

Meu patrimônio total hoje é cerca de 309 mil reais. Total aportado em tudo? Uns 261 mil (poupanca, renda fixa, moeda, ações). Se eu fosse falar em rentabilidade histórica "não ajustada" de tudo que investi, teria 15,5% nesses quase seis anos. "Ajustada" eu nem tenho como calcular quanto seria. 

A bolsa "fechou" aos 76.754 pontos. Uns 36% a mais do que estava na minha estréia, quase seis anos atrás. Por enquanto, "Ibov" 36%, minha carteira, 19,37%. Ruim resultado já que a inflação acumulada é de 35,9%. E a poupança daria uns 37-42%. Bom... Ao menos já foi extremamente pior. 

Há um porém nessas contas, que percebi certa vez. Vou até postar sobre isso quando tiver mais tempo. A depender da interpretação, a rentabilidade histórica, se ajustada, seria de 47,4% em vez de 19,3%. É que os aportes distorcem a coisa em cenários não-estáveis.  Considero a "rentabilidade ajustada" algo até mais justo para avaliar se estamos investindo bem ou não. Outro dia explico.







A.

segunda-feira, 30 de abril de 2018

Avaliação de Abril 18



Avaliação Final de Abril


Só achei o mês passado terrível para minhas ações porque não sabia o que viria neste. O pior mês, em deslocamento do Ibov, que já tive. Aliás, o ano está horroroso para minha carteira. A bolsa subindo enquanto minhas duas grandes posições caíam 10% cada. "BBAS" e "EZTC". Assim, só podia mesmo apanhar feio. Tomei quase 5% do índice.

Vai entender. Deixa quieto. Só vou revisar carteira lá pra junho ou julho. Estou bem tendente a aportar nas mais fracas, inclusive. EZTC, por exemplo. Gostaria de só mais uma quedinha em outras. Tenho 20 mil esperando pra gastar em ações.

Enfim, fiquei mais pobre? Não. Porque, inesperadamente, quem apareceu pra me dar algum lucrozinho besta este mês de abril foram minhas algozes dos primeiros meses: as, agora queridas, criptomoedas. A carteira digital deu uma pequena ressuscitada, subindo uns 40% em relação ao mês passado. Com isso, no geral, ainda rendi um pouco acima da poupança, ao menos. Meio tosco, mas podia ser pior. É torcer pra ser uma fase.

De qualquer forma, o ano ainda está bem feio. Aportei 8.000 reais este mês. Deve ser a média dos próximos meses.

Números do mês:

"Ibov" subiu 0,881,75%. (Explico: a segunda parcela é porque mês passado errei na consideração da data de fechamento, logo, neste, tenho que incluir o último dia do mês passado, quando valorizou 1,75%. Dá um total de alta de 2,63% mais ou menos)

Tenho hoje - 246.941,59 (carteira) + 20.305,37 (caixa de dividendos e vendas ainda não reinvestidos) = R$ 267.246,96. Total de R$ 197.500,00 aportado desde que entrei. Significa que estou com 69.746,96 a mais que o total aportado. Mês passado era 75.608,79 a mais que aportei. Dá pra ver que perdi 5.858,83. Baixa de 2,15%. Num mês de alta de 2,63%... Desempenho pífio

Após as grandes "criptoquedas", tenho hoje 0,606 BTC (R$ 19.900) e 156,2 Nanos (R$ 4.400), além de R$ 12.100,00 em altcoins da Binance. Total de R$ 36.400 na "carteira digital". Pouco mais de 10% do patrimônio total. Como é algo muito volátil, é uma posição perigosa. Aporte total de 28,5 mil reais aqui.

Não vou contar o rendimento do dinheiro guardado em renda fixa, pois meu objetivo é avaliar meu crescimento em renda variável. Tenho cerca de R$ 32.400,00 em renda fixa.

Meu patrimônio total hoje é cerca de 336 mil reais. Total aportado em tudo? Uns 242 mil. Se eu fosse falar em rentabilidade histórica "não ajustada" de tudo que investi, teria 38,8% nesses quase seis anos. "Ajustada" eu nem tenho como calcular quanto seria. 

A bolsa "fechou" aos 86.116 pontos. Uns 53% a mais do que estava na minha estréia, quase seis anos atrás. Por enquanto, "Ibov" 53%, minha carteira, 35,3%. Ruim resultado já que a inflação acumulada é de 35,7%. E a poupança daria uns 37-42%. Bom... Ao menos já foi extremamente pior. 

Há um porém nessas contas, que percebi certa vez. Vou até postar sobre isso quando tiver mais tempo. A depender da interpretação, a rentabilidade histórica, se ajustada, seria de 56,5% em vez de 35,3%. É que os aportes distorcem a coisa em cenários não-estáveis.  Considero a "rentabilidade ajustada" algo até mais justo para avaliar se estamos investindo bem ou não. Outro dia explico.







A.